Projetos de cinema e TV serão contemplados pelo Programa Brasil de Todas as Telas

Publicado em 6 de Abril de 2017

A lista conta com dois longas-metragens para as salas de exibição e três projetos para a TV paga

O Programa Brasil de Todas as Telas contemplará novos projetos para cinema e televisão. As iniciativas escolhidas, que passaram por seleção em duas chamadas públicas de fluxo contínuo, foram anunciadas pela Agência Nacional do Cinema (Ancine) e pelo Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE).

A lista de projetos conta com dois longas-metragens para as salas de exibição e três projetos para a TV paga. O investimento total para as cinco iniciativas é de cerca de R$ 5,3 milhões, em recursos do Fundo Setorial do Audiovisual (FSA).

Os projetos para a TV foram contemplados pela Chamada PRODAV 01/2013: a série de ficção “Relações Públicas”, a ser exibido no Prime Box Brasil e as séries documentais “Crimes Bizarros – A Lei do Riso”, que será exibida na TV Aratu,  e a segunda temporada de “Work in Progress – Por Dentro da OSESP”, exibida no Canal Arte 1.

Pela Chamada Pública PRODECINE 02/2016, na qual as distribuidoras apresentam projetos de produção de longas-metragens, foram contemplados “Hotel Delire”, de Diego Lopes, apresentado pela Moro Comunicação, e “Música para cortar os pulsos”, de Rafael Gomes, apresentado pela Vitrine Filmes.

Programa

O Programa Brasil de Todas as Telas, lançado em julho de 2014, foi moldado para atuar na expansão do mercado e na universalização do acesso às obras audiovisuais brasileiras.

Trata-se de uma ampla ação governamental que visa transformar o País em um centro relevante de produção e programação de conteúdos audiovisuais. Foi formulado pela Ancine, em parceria com o MinC, e com a colaboração do setor audiovisual por meio de seus representantes no Comitê Gestor do Fundo Setorial do Audiovisual (FSA).

Continue lendo essa matéria.

Fonte: http://www.brasil.gov.br